Translate

domingo, 1 de setembro de 2013

Marquesa de Alorna Reserva Branco 2009


Característica diferenciadora: Ribatejo

Preço:18€

Onde: Garrafeiras especializadas e alguns supermercados

Nota pessoal: 16.5


Comentário: Quinta da Alorna é um marco incontornável dos vinhos do Ribatejo.
Vinhos de carácter, com preços sempre muito ajustados à sua elevada qualidade e produzido em quantidades muito apreciáveis.
Recordo com muito boa memória os grandes Colheita Seleccionada tinto de 1999 e o melhor de todos... o Cabernet Sauvignon Reserva 1998.

A Quinta da Alorna acompanhou bem os tempos actuais, "contemporaneizou-se" e tem desde há uns anos uma boa  imagem, boa colocação no mercado, normalmente disponível nas grandes superfícies e sempre a preços muito adequados.

Atirando para o Marquesa de Alorna Reserva Branco, apontamos ao topo de gama. Já provado noutras ocasiões, nunca tinha colocado apreciação sobre ele... normalmente, só coloco apreciações quando gosto dos vinhos. E desta garrafa, gostei.

Tostado, amarelo torrado e denso.
Nariz com aromas de tropical e doce. Respirando, a fruta, mais do que tropical parece fruta de medronheiro. É muito específico, mas é de facto ao que se assemelha mais. Doce no nariz com levedura.
Prova de boca boa. Mais impressionante no início e curta no fim. Mas boa.
Barrica de qualidade em destaque. Untuoso mas a ficar cansado. A mineralidade que tem não chega para acompanhar a oxidação a que já está sujeito. Está a chegar ao limite de equilíbrio entre oxidação e frescura.
É no entanto muito bom... simplesmente vê-se que é um vinho com muito cuidado na produção e na forma como "se veste" e aí, a expectativa coloca-nos um grau de exigência que não se compadece com algum cansaço que apresenta... na prática está muito bom e é para beber rapidamente... mas merecia ter estrutura para mais uns anos. Mas é um bom vinho branco e um excelente representante do Ribatejo.

Provador: Mr. Wolf

Sem comentários:

Publicar um comentário