Translate

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Fonte das Moças 1999

Característica diferenciadora: Torres Vedras!

Preço: 4€

Onde: Garrafeiras especializadas... mercearias antigas, quiçá.

Nota pessoal: 16 - pela capacidade de envelhecimento.


Comentário:  Por onde começar? Talvez pelos louváveis 12,5% de graduação alcoólica. Penso que são dispensáveis comentários sobre as comuns graduações alcoólicas actuais em Portugal (e não só em Portugal...)e perfis associados. Mas a culpa é nossa, pois somos nós os consumidores que assinalamos com a compra, se valorizamos os exageros que se produzem hoje em dia, ou não.
Eu, pessoalmente, tenho preconceito com a maior parte das graduações que vejo superiores a 13º.

Continuando... Fonte das Moças é um rótulo pelo qual tenho especial apreço. Conhecio-o através do Gonçalo... Sim, Gonçalo, da Casa da Ribeira. Partilhava a produção deste vinho com o enólogo João Melicias, e os vinhos eram surpreendentes. Várias garrafas bebi ao longo dos anos, seja do Branco de 2006, seja do Touriga Nacional da Casa da Ribeira. Memórias. Nada mais do que isso. A parceria dissolveu-se e hoje, que eu conheça, existe o Fonte das Moças Reserva 2004 (publicado neste espaço) e pouco mais... Desta forma, é muito bom voltar a provar uma garrafa destas, 14 anos após entrar na adega em forma de uva...

Cor de barro escuro, limpo e de opacidade média.
Aroma de pedra molhada, algum lagar e notas de café em grão. Limpo de aromas também, muito expressivo no que tem.

Prova de boca excelente. Adequada intensidade para a idade que tem. Não surpreende, mas cumpre integralmente. Não nós podemos esquecer que este era um vinho de pretensão modesta, apesar do cuidado processo de vinificação. 
Castelão, Touriga Nacional e Tinta Roriz.
Muito elegante, parco na acidez e fruta, mas delicioso. Excelente para prova já e sem sinais de não poder estar mais uns bons anos em cave...
No entanto, está muito bem agora. Beba-se com pratos de confecção morosa e apurados. Ele aguenta!

Provador: Mr. Wolf

Sem comentários:

Publicar um comentário