Translate

terça-feira, 10 de abril de 2012

Chryseia 2007

Característica diferenciadora: Complexidade e equilíbrio
Preço: 40€

Onde: garrafeiras especializadas

Nota pessoal: 18,5

Comentário:Vinho extraordinário. Cor ainda com brilho púrpura escuro. Opaco mas limpo. Aromas muito complexos e muito heterogéneos... à medida que respira saúda-nos com nuances aromáticas fascinantes... inicialmente quente, com nuances de cacau quente... tipo o resto do chocolate que ficava no fundo das canecas... delicado e muito sedutor.
Enfrenta a prova de boca com uma elegância desconcertante. Macio mas muito concentrado e intenso. Frutos vermelhos muito densos, tipo abrunhos. Especiado e picante. Final muito, muito longo. Mastiga-se o sabor que fica nas papilas gustativas. Impressionante.
A complexidade aromática evolui para frutos secos... nozes e volta o ligeiro cacau... como se estivessemos perto duma cozinha onde se fizeram "brownies" de chocolate. Mais frutos secos.... e ligeiro caramelo. Sabem aquele cheiro do fundo do tacho onde se faz caramelo? Aquele que queima ligeiramente? É esse aroma. Na boca continua muito bom e mostra a acidez que ainda tem, mas estava muito bem vestida e não se percebia... e no nariz dá-nos agora notas de floresta, depois de chover... ervas...
Vinho excepcional e ano excepcional. Dos melhores exemplares dum vinho do Douro magnífico.
Tinha provado no WPM de 2011 e voltei a provar agora este de 2007. Parece-me dos melhores anos de sempre de Chryseia.
Muito bom.
Recomendação: vinho muito sensível à temperatura. A complexidade aromática manifesta-se consoante a temperatura varia. Recomendo servir inicialmente a 15-16º, não decantar (opinião pessoal) mas utilizar copos que permitam arejar bem,  fechados em cima para captar os aromas. Quando o vinho sobe ligeiramente a temperatura e os (poucos) fenóis que tem se dissipam, é maravilhoso para os sentidos.
Provador: Mr. Wolf

Sem comentários:

Publicar um comentário