Translate

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Quinta do Portal Branco 2011



Característica diferenciadora: Elegância

Preço: 7

Onde: Distribuição em geral

Comentário: Tirando o Branco de 2006 bebido durante o ano passado (uma surpresa muito positiva), este foi o melhor branco que bebi da Quinta do Portal, provavelmente a mostrar aquilo que 2011 nos poderá vir a dar em termos vitivinícolas. Este vinho é a antítese dos vinhos “modernaços”: não há tropicalismos, não há madeira que nunca mais acaba (aqui não há mesmo madeira nenhuma), não há baunilhas e não há açúcar. Será que é difícil fazer vinhos que não tenham estas coisas? Fazer só vinho? Este parece-me um daqueles vinhos em que a tecnologia e a modernidade chegaram de modo a melhor conseguir respeitar as uvas. Bem … falando do vinho: floral, citrino, ligeira austeridade (neste caso a dar uma nota bastante positiva), fresco, com corpo médio e muito boa acidez. Não me parece, contrariamente ao sugerido no contra-rótulo, que seja um bom vinho para servir enquanto aperitivo. Tendo em conta o 2006, gostava de provar este 2011 daqui a uns anos, talvez a acomapanhar, tal como sugeriu o Chef Rui Paula, uma Moira Transmontana com Maçã e Mel.

Provador: Bruno Miguel Jorge

Sem comentários:

Publicar um comentário