Translate

sábado, 30 de março de 2013

Joseph Drouhin Laforet Pinot Noir 2010



Característica diferenciadora: Pinot Noir

Preço: 12€

Onde: Garrafeiras especializadas 

Nota pessoal: 16,5

Comentário: Adquirida no Supercor, sem particular critério para além de ser Borgonha ...
Cor muito aberta com tons amarelo torrados na aureola. Rosa pálido. Auréola de arco íris de cores quente cujo último circulo é literalmente incolor.... Copo completamente translúcido! Sim, dá para ler um livro através do copo... acho que descreve bem o conceito de limpidez e cristalinidade deste vinho. Impressiona. Cor de filtro de fotografia... sem opacidade.
Bom, nariz em cima dele: aromas? Carne gorda, animal. Sela de cavalo. Lodo, águas paradas... pois... é de 2010. Devia estar quieto e deixá-lo na garrafeira um bom par de anos, não é? Mas é assim que se aprende.
Boca com muita acidez e notas de tangerina sem estar madura.
Faz salivar muito. Directo na prova de boca e ausência de fruta. Muita mineralidade. Salino. Voltam as notas na prova de águas em barro... sim, aquela sensação mais ou menos bafienta de cântaro de barro. Quem já bebeu àgua por cântaros, sabe o que é precisamente. A evolução do vinho em copo nunca é para a fruta... pelo contrário. Água de azeitonas. Terra. Pó bafiento.

Valeu pela experiência de provar algo que nem rotulado ainda devia estar... beber depois de 2015.

Provador: Mr. Wolf 

Sem comentários:

Publicar um comentário