Translate

sábado, 16 de fevereiro de 2013

Quinta do Noval 2008



Característica diferenciadora: Elegância

Preço: 32€


Onde: Garrafeiras especializadas

Nota pessoal: 17,5

Comentário: Quinta do Noval é sempre sinal de muita qualidade e alguma exclusividade. Desde 2004 que temos este vinho disponível no mercado, discreto na publicidade e constante na qualidade.

Foi com muito entusiasmo que adquiri esta garrafa de 2008... Saudades do de 2004. Saudades do de 2007 e muito expectativa para o de 2008... O que pode ser um desafio.

Cor límpida e escuro. Mantém o carácter denso (não tanto como o de 2004), que se manifesta pelo balanço no copo "diferente". Mais pesado que o comum dos vinhos.

Fruta muito evidente no nariz, mais insinuante do que evidente. Trabalho de barrica pura e simplesmente magnífico. Tudo é esclarecido nos aromas. Limpo.

Touriga Nacional evidente mas delicada qb. Notas florais  típicas, sem serem muito activas... o que é bom. Notas balsâmicas, e outra vez barrica... barrica muito boa. Nota-se que o vinho teve um estágio adequado em Madeira, mas madeira de muita qualidade sem o "tostar" ou adocicar.
Fruta delicadíssima, num registo de amoras e framboesas. Muito bem balanceado na prova de boca, tem acidez que baste e torna-se muito guloso. Não teme a cave, mas não me parece ser ávido desta como os anteriores.
A fruta evidencia-se de forma constante na prova, sempre num registo muito delicado, mais em "geleia" que em polpa.

Excelente representante do Douro e bom exemplar do que pode ser um bom vinho de 2008, muito diferente do de 2009, mas com características muito peculiares. Gosto dos dois anos (08 e 09), e este Noval de 2008 está excelente.

De louvar a redução significativa de preço de lançamento deste ano de 2008, que é cerca de 20% mais barato que os anteriores... pelo menos o de 2004 ultrapassava os 40€... na melhor das hipóteses. Mas é daqueles vinho que na minha opinião vale todos os cêntimos.



Provador: Mr. Wolf 


Sem comentários:

Publicar um comentário